Reforma ou reformulação gráfica?

6 setembro, 2006 at 1:29 am 1 comentário

Novo Caderno de Educação da Folha DirigidaDesde ontem, o Caderno de Educação do jornal Folha Dirigida, do Rio de Janeiro, circula com novo projeto visual, resultado de um trabalho que iniciei em junho e que, depois de um processo de ajustes e treinamento, começou a se tornar realidade nas bancas. Essa mudança faz parte de uma reforma gráfica ampla que será implantada em todo jornal, só que em etapas. Normalmente quando uma publicação passa por úm processo como esse, sua implantação acontece de uma vez: escolhe-se o dia e pronto, o leitor é apresentado ao novo produto. Mas, na Folha Dirigida, optou-se por fazer essa apresentação aos poucos. Assim, os leitores se acostumam com as modificações que estão sendo implementadas, ao mesmo tempo que se cria uma espectativa positiva para as novidades que estão chegando (falaremos mais a respeito numa próxima aula).

Todo esse processo pelo qual está passando a Folha Dirigida foi notícia em dois sites especializados em jornalismo. No Comunique-se, a notícia Folha Dirigida inicia reformulação gráfica foi destaque na página principal do site, onde eles publicaram a imagem acima, que ilustra este texto. O site da ABI (Associação Brasileira de Imprensa), por sua vez, publicou a matéria Novo projeto gráfico para a Folha Dirigida, com chamada de destaque na página principal.

Entretanto, a notícia do Comunique-se chama a reforma gráfica do jornal de “reformulação gráfica”. Será que isso está certo? É “reforma” ou “reformulação”? Ou os dois estão certos? Mãos à obra, pessoal… ou melhor, aos dicionários.

Anúncios

Entry filed under: Imprensa.

Parabéns ao Friburgo Um sonho em cada canto

1 Comentário Add your own

  • 1. A segunda fase « Friburgo, Turma de Comunicação  |  18 novembro, 2006 às 2:15 am

    […] Estou exausto mas não posso deixar de noticiar o misto de alegria e ansiedade que a redação do primeiro caderno da Folha Dirigida está vivendo nestes dias (para quem não sabe do que estou falando, clique aqui). Rogério Rangel, diretor de redação, montou um belo ritual de passagem do modelo que perdurava no jornal por mais de duas décadas para o novo modelo e, o que se imaginava causar certos transtornos, fluiu com uma simplicidade animadora. Todos estão entusiasmados e o Adolfo Martins – o dono do jornal – parece não acreditar que tantas mudanças estejam transcorrendo na maior calma. E o legal é que nosso trabalho começa a gerar espectativa também no mercado. Hoje, os sites ABI Online e Comunique-se noticiaram as mudanças que estão chegando na próxima terça-feira e falam de outra novidade da Folha: o humor do cartunista Ota e seu novo personagem, o Concursino, que será publicado na nova página 4. Num próximo texto irei contar algumas coisas sobre esse desenhista inconfundível (em todos os sentidos). Clique aqui para ver as fotos que fizemos do Ota na Folha Dirigida e o primeiro desenho que divulgamos do Concursino. […]

    Responder

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Principais mensagens

Tópicos recentes

Feeds


%d blogueiros gostam disto: