Bravo!!!

17 outubro, 2006 at 11:45 am Deixe um comentário

Revista Piauâ height=Como meus alunos estão cansados de saber, eu sempre repito em sala: quem quer, um dia, ser um (bom) jornalista, tem que ler, ler, ler. Ler sempre. Não só para tomar ciência dos fatos que acontecem à sua volta, neste mundo tão pequeno. Mas para ter uma relação íntima com a palavra. Desnudá-la, tocá-la profundamente. Para se apaixonar pela forma, pela escrita. Ler e descobrir onde cada autor busca seus caminhos e suas entrelinhas. Para vibrar com aquele momento que você, quase analfabeto, se percebe descobrindo como cada vocábulo se casa perfeitamente com outro, e com outro, e juntos constroem uma idéia impressa no papel. E, algumas vezes, destroem mitos, denunciam as mazelas; em outras, simplesmente, se encantam com uma pedra no caminho.

Não é à toa que, quando soube do lançamento da revista Piauí, vibrei: “afinal, uma revista que tinha tudo para ser diferente!”, pensei.
No domingo, um dia antes de sua chegada às bancas, li o texto Uma revista chamada “Piauí” , de Sérgio Rodrigues, publicado no site No Mínimo, e fiquei ainda mais curioso. Finalmente, no dia seguinte, consegui comprá-la e não me decepcionei! Que belo exemplar de publicação! Textos brilhantes, daqueles que você não consegue parar de ler. Uma diagramação sóbria, elegante, com ilustrações e fotos de alto nível. Realmente imperdível!

Mas, qual é a linha editorial da revista? Responde um de seus idealizadores, o cineasta João Moreira Salles, numa matéria de Sylvia Colombo, publicada no site Folha Online:
“O ideal é que os textos sejam interessantes, bem escritos e divertidos. Aí cabem desde o stalinista até o sujeito da propriedade. Ninguém será excluído por sua posição ideológica”

Perfeito. A revista Piauí é puro prazer. É uma verdadeira aula de como escrever textos que seduzem o leitor. Por isso, repito novamente: leia, leia, leia. E agora você tem mais um motivo para ler: Piauí!

Anúncios

Entry filed under: Imprensa, Leia.

A violência da flecha dignifica o alvo Erramos, na Folha

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Principais mensagens

Tópicos recentes

Feeds


%d blogueiros gostam disto: