Foca pensava que era furo, mas era barriga. Por isso não emplacou.

30 novembro, 2006 at 7:15 pm Deixe um comentário

O editor foi à cozinha com o espelho na mão para enxugar um iceberg que estourou. Mas o jornalista percebeu que se tratava de um jabá que, além do mais, estava empastelado. Por isso teve que requentar outro material. Mas, para sua sorte, surgiu um furo que serviu para contornar o problema. Assim, com uma boa muleta, um pirulito e um olho chamativo, ele substituiu o texto impertinente. Fez isso correndo, pois ainda tinha que finalizar o pescoço.
Não entendeu o que escrevi acima? Então leia aqui o texto publicado no site Comunique-se e descubra alguns jargões utilizados nas redações. Afinal de contas, todo jornalista é filho da pauta e todo foca sempre entra numa fria.

Anúncios

Entry filed under: Imprensa.

Os 10 mais Utzeri e o molusco

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Principais mensagens

Tópicos recentes

Feeds


%d blogueiros gostam disto: